Felinos Brasileiros: onça-pintada e outros selvagens

Os fofos gatos domésticos nós conhecemos bem, mas nem todos os felinos brasileiros podem morar em nossas residências, claro. Afinal, os que habitam florestas, por exemplo, não são tão mansos a ponto de conviverem livremente entre pessoas.

Os felinos brasileiros selvagens são animais de incrível beleza e outras particularidades impressionantes. Por isso, merecem um post todinho só pra eles! Hoje, você vai entender melhor seus hábitos, características e muito mais. Basta conferir este artigo até o final!

Não é apenas a África que oferece maravilhas do reino animal para nossa admiração. Temos diversos felinos brasileiros, com pelagens e tamanhos variados, que não deixam a desejar em relação ao porte, às cores e padronagens.

A onça-pintada é um deles. Seu nome científico é Panthera Onça. Trata-se de um dos bichos mais belos da fauna do país. Chama atenção por sua pelagem única, formada por manchas amareladas que chegam ao tom dourado, com pontos pretos no meio. Dá uma olhadinha na foto abaixo, que linda!

Outros detalhes interessantes são o fato de que nenhuma pelagem é igual a outra e, ainda, a mutação genética que confere a cor totalmente preta a algumas delas – chamadas simplesmente de panteras. Esse animal é encontrado em algumas partes do Brasil e mais comum no Norte e Centro-oeste.

Embora a maior incidência dela esteja no Pantanal do Mato Grosso, pode ser avistada ainda em parte dos Estados Unidos, Argentina, além de locais como: Bahia, São Paulo, Amazonas, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Paraná, Roraima, Santa Catarina e Rondônia.

A onça-pintada é muito maior que vários outros animais do gênero. Tanto que é considerada, inclusive, o maior felino de todas as Américas. O macho pode alcançar em média 2,60 m de comprimento e até 90 kg; a fêmea é um pouco menor.

Excelente predador, esse felino brasileiro carnívoro é muito temido pelos moradores das localidades em que é encontrado, apesar de, na maioria das vezes, se afugentar na presença de humanos. Mas há casos isolados de ataques fatais a pessoas, infelizmente.

Por outro lado, somos a maior ameaça às onças-pintadas, que correm risco de extinção devido à caça, pois muitos procuram o animal como forma de troféu ou para adquirir seus belos pelos.

Fora isso, o habitat delas vem sendo destruído ao longo do tempo. E uma das consequências é a escassez de sua alimentação, feita à base de capivaras, tamanduás, jacarés e queixadas.

Então, sem muita alternativa, a Panthera Onça acaba consumindo o que aparece, incluindo sucuris adultas e até tartarugas. A força na mandíbula dela é tão grande que consegue perfurar o casco.

As onças-pintadas são animais de hábitos solitários; normalmente, são vistas aos pares apenas no período de reprodução. A gestação da fêmea dura cerca 100 dias, e costumam nascer somente dois filhotes. Antes do nascimento da cria, o macho abandona a futura mamãe.

Felinos brasileiros: saiba mais

  • Gato-do-mato (Oncifelis Geoffroyi) – é um dos felinos brasileiros de menor porte quando comparados aos demais. Ocorre principalmente nas florestas do Brasil, mas também na Argentina, Chile, Bolívia, Uruguai e Paraguai.

Assim como os outros de sua espécie, tem comportamento bastante agressivo. Não é recomendado chegar perto do gato-do-mato. Uma curiosidade extra é seu local de acasalamento: preferencialmente nas árvores, onde esses animais ficam mais seguros.

  • Gato-maracajá (Leopardus Wiedii) – é um bicho de grande agilidade, em terra ou no alto das árvores. E ainda conta com incrível capacidade de andar de ré entre os galhos, favorecendo a caça.

Os olhos grandes do gato-maracajá também ajudam a conseguir suas presas, pois são particularmente adaptados para uma clara visão noturna. Ele habita o Brasil, parte do México, chegando ao Paraguai e à Argentina.

  • Jaguatirica (Leopardo Pardalis) – é outro exemplo de animal de enorme agilidade, permitindo alcançar presas extremamente velozes.

Também possui imensa facilidade para subir em árvores, e utiliza os galhos para dormir em segurança. De quebra, consegue uma visão privilegiada de todo o espaço ao seu redor. Nada mal, hein?

Falando em território, tanto as fêmeas quanto os machos da espécie jaguatirica possuem uma vasta extensão, chegando a algo em torno de 18 Km².

Além de constar na lista dos felinos brasileiros, algumas espécies de jaguatirica ocorrem também em parte dos Estados Unidos e Argentina.

Por hoje é isso! Espero que tenha gostado de aprender mais sobre felinos brasileiros. Eu curti!

Até breve…

Leave a Reply