Hipopótamo: as aparências enganam… Entenda!

Seu nome vem do grego antigo e quer dizer “cavalo do rio”. O hipopótamo pesa toneladas, tem orelhas pequenas, fama de lerdo e, pode não parecer, é parente da lhama, do camelo e do veado.

Que vê esse grandalhão no zoológico ou nos filmes normalmente faz uma imagem de bicho tranquilo, que vive feliz e bocejando de tanta tranquilidade. Só que o bocejo é um sinal de ameaça, assim como o som que ele faz, parecido com uma risada.

E um hipopótamo mal-humorado é mais assustador do que demonstra. Reputação de lento à parte, trata-se de um animal particularmente ágil e agressivo. Ocasionalmente, mata ou caça antílopes e búfalos. Às vezes, mata humanos.

Seu nome científico é Hippopotamus amphibius, um bicho da ordem dos Artiodáctilos, da qual fazem parte os porcos, veados, antílopes, camelos, lhamas, cabras e bois (ruminantes).

Na verdade, todos estes animais estão na mesma ordem porque têm um ponto em comum: dois ou quatro dedos na ponta das patas, recobertos por cascos.

Embora não seja um ruminante, o hipopótamo possui um estômago complexo formado por três câmaras, essenciais à quebra da celulose presente nos vegetais.

Oriundo da África subsaariana, o hipopótamo é uma das duas únicas espécies não extintas da família Hippopotamidae – a outra é o hipopótamo-pigmeu.

Semiaquático, pode ser encontrado em rios e extensas lagoas profundas com áreas próximas para pastagem, em quase todo o continente africano e na Palestina, no Oriente Médio.

Ele, o rinoceronte e o elefante são os sobreviventes de uma categoria de mamíferos conhecida como mega-herbívoros – que poderia incluir a girafa se ela, apesar de grande, não fosse mais leve que os demais.

Quanto às características físicas, as principais são:

  • Comprimento médio de 3,80 a 4,30 m (cabeça e tronco); e 50 cm de cauda
  • Olhos proeminentes localizados na parte de cima da cabeça
  • Pele lisa de cor marrom ou rosada, coberta com poucos cabelos curtos e finos
  • Pequenas orelhas arredondadas
  • Pernas muito curtas
  • Pescoço largo, focinho e presas avantajados
  • Peso entre 3 e 4 toneladas (machos maiores e mais pesados do que as fêmeas). Robusto, apresenta boa camada de gordura
  • Quatro dedos bem-desenvolvidos em cada perna, com terminações de cascos

A relação superfície/volume corporal do hipopótamo favorece a manutenção do calor, em função de seu generoso tamanho. A estratégia para esfriar os ânimos é ficar durante o dia na água, muitas vezes dormindo por lá mesmo, podendo passar até 5 minutos submerso.

À noite, geralmente os hipopótamos buscam terra firme para pastar. E vivem em grupos de até 50 indivíduos, sendo que um dos machos assume o posto de líder da turma.

Hipopótamo: de calmo, ele não tem nada

Nas telas, obras de ficção, hipopótamos são afáveis, fazem força para arrumar amigos e chegam a dançar com tutus, aqueles saiotes de balé.

Talvez tais representações sejam fundamentadas no tom um tanto quanto ridículo do hipopótamo da vida real, com seu rosto tristonho, barriga rechonchuda apoiada em patas inchadas. Entretanto, as aparências podem enganar…

A reputação de lento e apático está longe de ser verdadeira. Ele nada tem também de herbívoro manso que passa toda a sua existência desfrutando de águas tropicais lamacentas, sem incomodar ninguém.

Na África, é considerado um dos bichos mais agressivos e perigosos, provocando a maioria das mortes em humanos. Não é que fique por aí caçando gente, ok? Todavia, o conselho dos estudiosos é escapar o quanto antes ao dar de cara com o hipopótamo em áreas selvagens.

Por isso, normalmente, não é raro nossa espécie matar o Hippopotamus amphibius ao encontrá-lo. Quanto tem condições técnicas de fazer isso, lógico!

A convivência entre pessoas e hipopótamos é potencialmente tensa por causa dos passeios noturnos fora da água, quando os animais percorrem quilômetros à procura de comida, inclusive nas plantações.

Aliás, uma das confusões a respeito deles é achar que são puramente herbívoros! A maioria de nós não imagina o que os hipopótamos são capazes de fazer.

Agora, você já sabe! Mas é claro que o QC Animais é a favor da preservação da fauna, mesmo aquela mais nervosinha

Até o próximo artigo!

 

Imagens: Pixabay

Leave a Reply