Síncope: saiba mais sobre o desmaio em gatos

O animal apagou, ficou inconsciente. O que aconteceu? Talvez seja uma síncope. O desmaio em gatos é algo delicado, que pode ter diversos motivos e precisa de atenção médica imediata. Veja hoje o que fazer para ajudar seu amiguinho!

A perda súbita de consciência pode ocorrer em situações de urgência e emergência, dependendo da causa. Um dos fatos mais frequentes nos petshops é o desmaio em função do calor intenso, que leva à hipertermia.

Isso acontece porque há uma grande quantidade de animais no local, além de equipamentos ligados o tempo todo, como o secador. Então, gatos e cães chegam a desmaiar.

Outros exemplos: desmaio devido pancada na cabeça após atropelamento; síncope por causa de hemorragia, afogamento, desidratação, inalação de fumaça ou queimaduras (pela dor extrema).

Mas o que fazer seu houver uma síncope? Será que as manobras realizadas em pessoas (massagem cardíaca, respiração boca a boca) servem também para os bichos de estimação?

Bem, para responder a estas e outras questões, é recomendável prestar atenção aos sinais. Eles são as pistas para entender qual a melhor maneira de agir enquanto você leva o pet ao veterinário.

Se o seu gatinho ou cachorro está inconsciente, o coração está batendo, porém, você não sabe se ele está respirando, coloque a mão na frente do focinho. Ou observe se o tórax dele está mexendo no ritmo dos pulmões.

Caso não esteja respirando, corra para o médico, pois o cérebro não suporta ficar sem receber novo oxigênio por mais de 4 minutos, aproximadamente.

Quando o desmaio é acompanhado por ausência de respiração e batimentos do coração, o quadro é mais sério. O felino teve uma parada cardiorrespiratória. É indicada uma massagem cardíaca para auxiliar a circulação do sangue.

Para isso, é importante que os movimentos sejam realizados com os braços esticados sobre a área do tórax. Em gatos e cães pequenos, você pode fazer o procedimento com os polegares.

O bichano não acordou com a massagem cardíaca? Você tem cerca de 4 minutos para chegar até o veterinário mais próximo. Mesmo assim, danos cerebrais poderão ocorrer, infelizmente.

Atenção: este post tem função de informar. Não substitui acompanhamento veterinário e outros serviços especializados. Consulte sempre um profissional capacitado para obter diagnósticos e tratamentos adequados.

Síncope: o que fazer se meu gato desmaiar?

Ok, mas e quanto à famosa respiração boca a boca, feita em pessoas, ela dá resultado nos animais domésticos? Em geral, não, uma vez que o formato dos focinhos não favorece a chegada de ar aos pulmões, principalmente se eles forem muito compridos. Portanto, isso não costuma ajudar.

O mesmo vale para tentativas de assoprar o focinho. Afinal, com um buraco pequeno no nariz e um longo percurso até o pulmão, fica difícil o ar chegar ao destino ideal.

As dicas até agora valem para desmaio em gatos e cães onde eles apagam sem movimentos – o que já assusta, eu sei. O que aterroriza mais os tutores, no entanto, é a convulsão, que pode durar segundos (que parecem uma eternidade, né?) ou ser uma crise mais longa.

Na síncope com convulsão, o bichinho normalmente mexe as patas involuntariamente, além de apresentar olhar vidrado, membros e pescoço bastante esticados. O aspecto do animal é preocupante, mas a pior parte é que o cérebro está sofrendo falta de oxigênio.

É imprescindível levar o pet ao médico rapidamente, porque ele precisa de remédios para a crise convulsiva parar. Ah! Tentar desenrolar a língua dele não adianta. Na verdade, é até perigoso, pois sua mão pode ficar presa nos dentes.

Acontece que as contrações intensas da musculatura são capazes de travar a mandíbula do bichinho com sua mão dentro da boca dele. Por isso, não é legal tentar mover a língua ou fazer qualquer outra manobra parecida.

Busque atendimento apropriado, seja a síncope causada por parada cardiorrespiratória ou convulsão. No hospital, os profissionais tomarão as medidas adequadas para seu amigo de patas ter a melhor recuperação possível.

Bom, eu espero mesmo é que ele tenha saúde e não precise de nada do que foi dito hoje aqui! Mas, se precisar, aproveite as dicas!

Até breve!

 

 

Imagens: Pixabay

Leave a Reply