Aves Curiosidades

Conheça a águia-negra-africana, uma grande ave de rapina

Águia-negra-africana

As águias com certeza são um dos animais mais majestosos da natureza. Em especial, as que apresentam uma coloração marcante em sua pele como a águia-negra-africana, uma grande ave de rapina conhecida por sua predominante cor preta.

Como o nome já deixa claro, águia-negra-africana pode ser encontrada na África, mais especificamente, no sudeste, embora já tenha sido vista em outras regiões como Israel e países próximos.

Origem da águia-negra-africana

A águia-negra-africana foi vista pela primeira vez na África do Sul em meados do século XVIII pelo biólogo e naturalista francês Jules Verreaux. Além dessa descoberta, Jules também foi um grande pesquisar e comerciante, fato que levou ele a escrever o livro L’ Ornithologie. Mesmo assim, a sua maior descoberta de Jules, até hoje, foi a própria águia-negra-africana que, devido ao acontecido, recebeu o nome científico de Aquila Verreauxii, fazendo uma homenagem ao sobrenome do pesquisador.

Segundo Jules, a águia-negra-africana não demostram gostar da presença humana em seu território, pelo contrário, muitas vezes elas apresentando uma posição mais ofensiva na companhia de pesquisadores e estudiosos. Ao que tudo indica, essa ave prefere locais montanhosos e afastados da interferência de pessoas. Assim, sendo um dos poucos animais que são presentes em regiões selvagens e com pouca exploração.

Aves de rapina e águia-negra-africana

As aves de rapina são extremamente conhecidas por sua longa extensão e, como não poderia ser diferente, a águia-negra-africana recebe grande destaque por essa característica. Segundo diversos biólogos, essa ave pode apresentar uma ampla envergadura em suas assas, podendo chegar até 2,5 metros de comprimento.

Abutre-barbudo

De forma geral, as aves de rapina realmente apresentam esse vasto comprimento em corpo. No entanto, mesmo que receba grande admiração por isso, a águia-negra-africana não se encaixa entre as maiores da família, sendo o campeão nesse quesito o Abutre-barbudo (Gypaetus barbatus). Segundo especialistas, essa especie pode chegar até 8 kg e uma envergadura de 3 metros de altura. Atualmente, essa ave pode ser facilmente encontrada na Ásia, Europa e na África, podendo ser facilmente reconhecida por seu tamanho e coloração dourada.

Como todas as aves de rapina, o Abutre-barbudo é considerado um animal carnívoro que apresenta adaptações no seu modelo de caça. Além disso, devemos considerar seu bico curvo e afiado, voo rápido, garras fortes, uma audição impecável e visão de alto alcance. Segundo muitos especialistas, as aves de rapina são extremamente poderosas por natureza, ganhando destaque dentre os animais de todo o mundo.

Águia-negra-africana

Principal característica

A visão das aves de rapina são com certeza um grande diferencial. Em questão de comparação, podemos destacar que as aves de rapina, como a águia-negra-africana, podem enxergar até 8 vezes mais do que uma pessoa normal com uma visão convencional. Ou seja, conseguem enxergar coisas a quilômetros de distância, essencial visto que eles são predadores que precisam tem uma clara visão do seu alvo, possibilitando o mergulho sobre ela.

Segundo especialistas, essa visão de longo alcance pode chegar a marca de 3 km entre o alvo e o animal. Ao que tudo indica, isso séria possível graças a visão binocular, muito presentes nas espécies dessa família. Assim, dando uma noção de profundidade, excelente para traçar trajetórias em direção a algum lugar ou, no caso das aves de rápida, de uma preza.

Características da águia-negra-africana

Como muitas aves – inclusive entre as rapinas – a águia-negra-africana apresenta características que destacam muito, principalmente em seus voos. Dentre as principais características dessa especie, devemos ressaltar o seu corpo em formato de ‘V’, sendo uma parte que chama muita atenção por sua coloração branca, bem diferente do resto da sua formação que, em grande parte, é preto.

Já em questão de habitat, essa ave prefere ficar distante de outros animais em gerais. Assim, tornando a águia-negra-africana bem reclusa e vista apenas em regiões mais selvagens do sul da África.

Alimentação e caça

Segundo especialistas, a alimentação das águia-negra-africana não é tão diferente de outros animais. Devido ser uma espécie carnívora – como todas as aves de rapina – essa ave busca comida se alimentar de pequenos animais como, na maioria das vezes,  roedores, os mais comuns de serão achados em ambientes selvagens.

Além disso, essa águia pode ser alimentar de outros pássaros que, dependo do local, podem variar entre pequeno e médio porte. Segundo biólogos e especialistas, a águia-negra-africana usa principalmente as garras e velocidade para eliminar suas presas. Em seguida, elas se alimentam usando a carne por completo, ingerindo esse componente ainda cru.

De acordo com relatos, as aves dessa especie preferem, além de roedores, outros mamíferos, apesar de serem capazes de suportar um peso superior a 16 kg durante a caçada. Assim, possibilitando a captura de animais de médio porte como répteis e outras aves além dos maníferos.

Mesmo assim, essa ave adota uma técnica chamada por pesquisadores de “caça cooperativa”. Nela, é possível que essa especie aja em bando. Segundo alguns relatos de biólogos, durante esse estilo de caça uma das aves tem como objetivo distrair a preza. Enquanto isso, a sua companheira prepare-se para o ataque, eliminando a preza por completo.

Já como medida preventiva, essa especie de ave produz som vocalizado muito ato, como latidos ou uivos. Assim, dando a ideia de alerta total, mostrando que, naquela situação, a águia-negra-africana se sentiu ameaçada por outro animal ou, em diversos casos, pela aproximação de uma pessoa.

Águia-negra-africana

Reprodução

Em questão de reprodução, essa especie se multiplica por pequenos ovos. Assim, sendo colocados em um ninho logo após serem produzidos. Normalmente o ninho é construído pelo casal que, em pouco tempo, estruturam o espaço desejado com folhas verdes e ramos. Assim, dando formato tradicional ao ninho montado por muitas aves.

Em média a fêmea coloca dois ovos por ciclo que, como varias especies, terá o papel de incubar por várias semanas. No caso dessa ave, o período convencional é de 47 dias. Contudo, após o nascimento, o irmão mais velho tente atacar o mais novo. Assim, em 85% dos caso ocorrendo de apenas um sobreviver nesse processo.

Considerações finais

Em sumo, a águia-negra-africana é uma das espécies mais incríveis da natureza, principalmente por suas excelentes habilidades de caça que, geralmente, garantem suas refeições unicamente feitas de carne crua. Além disso, essa especie demonstra uma grande beleza em seus voos que ocorrem sobre as montanhas presentes em seus habitats.

Faça um Comentário