Aranha Saltadora: grande nas habilidades; entenda

Tem Aranha Saltadora que persegue sua presa; já outras preferem esperar e observar. O que todas têm em comum? O pulo sobre a vítima, chegando a saltar até 20 vezes sua altura e 50 vezes o seu comprimento. Não perca o que vem a seguir!

Trata-se de um animal muito rápido, difícil inclusive de ser fotografado. Mas quando alguém resolve clicar essa aranha com uma lente macro, o resultado é uma carinha tão fofa, “de coitada”, que dá vontade de ter um montão delas de estimação.

Ou seja, em comparação com outros aracnídeos, a Aranha Saltadora não é nada assustadora ou repugnante!

Em vez de músculos fortes nas pernas, ela dispõe de pressão hidráulica, além da capacidade de rastrear suas presas graças a seus oito olhos, incluindo os da parte posterior da cabeça, conferindo a melhor precisão visual entre as aranhas.

Outro detalhe curioso é que esse artrópode, assim como diversos insetos e alguns pássaros, enxerga cores que nós não vemos. A Aranha Saltadora consegue ver a radiação UVA e UVB, que para humanos é invisível.

Isso influencia a reprodução, uma vez que a fêmea fica mais atraída pelo macho que reflete UVB, para conseguir descendentes com maior capacidade. Normalmente, um pretendente UVB mais brilhante ou mais colorido significa mais “qualidade de macho”.

Conhecida popularmente como papa-mosca, a Aranha Saltadora inclui em seu cardápio outras aranhas. E, apesar de pequenina (pelo menos a maioria é), pode pegar insetos quase maiores do que ela. A captura começa com um salto nas costas das presas.

Aliás, é bom destacar que esses bichinhos não representam perigo ou ameaça ao homem – ao contrário, fazem um favor por ajudar no controle das populações de mosquitos e moscas, principalmente. O planeta sem as Saltadoras teria mais doenças, carregadas por estes insetos.

Portanto, não são indesejáveis em nossos lares. Se você vir uma aranha papa-mosca em casa, não faça nada contra ela, ok?

Os pulinhos também servem para locomoção e fuga de predadores. No caso da caça, a estratégia substitui as teias típicas da maioria das espécies de aranhas. Mesmo assim, ela produz seda, muitas vezes utilizada para criar abrigos ou fazer amarrações em si própria antes de saltar.

A família Salticidae, à qual a Aranha Saltadora pertence, conta com mais de 5.000 espécies e 500 gêneros. É considerada a mais numerosa entre os aracnídeos, sendo distribuída praticamente por todo o mundo, representando cerca de 13% das variedades conhecidas.

Aranha Saltadora: visão especial é estudada pelos cientistas

A grande possibilidade de cores da Aranha Saltadora é uma particularidade igualmente interessante.

Alguns exemplares são muito coloridos; enquanto outros podem ocorrer na cor preta e apresentar uma faixa branca ou, ainda, trazer desenhos simétricos pelo corpo, geralmente usados como camuflagem, para que possa ser confundido com os ambientes.

Também dispõe de inúmeros “pelos”, que servem como sensores e, em combinação com seus olhos, auxiliam no alerta a predadores e presas.

A papa-moscas dispõe de um impressionante sistema de visão, que viabiliza fazer o cálculo da distância exata a ser saltada para atingir o alvo escolhido. O segredo está na retina incomum de seus dois olhos principais.

Esta é formada por camadas múltiplas. A primeira recebe luz verde e tem foco nítido; a segunda, imagens embaçadas. Quanto mais desfocada a imagem na camada dois, mais perto do olho da aranha o objeto está. Essa percepção é suficiente para calcular a distância precisa do salto para pular na presa.

É realmente incrível como um animal de meio centímetro e com um cérebro menor que o de uma mosca consegue captar complexas informações visuais e agir a partir delas!

Tão fascinante que pesquisadores estão tentando imitar a técnica da Aranha Saltadora para fabricar câmeras 3D e robôs com habilidades semelhantes. Quem diria que um artrópode tão pequeno como a Aranha Saltadora fosse tão cheio de surpresas, não é? Fora a carinha pra lá de fofa…

Até o próximo artigo com muito mais!

 

Imagens: Pixabay

Leave a Reply