Curiosidades Gato

Conjuntivite em gatos: como identificar e o que fazer para tratar?

Conjuntivite em gatos

Os olhos dos gatinhos são muito sensíveis. É comum, principalmente em filhotes, que fiquem cheios de remelas. Você precisa limpar e cuidar bem, sabia? É uma ótima maneira de prevenir a conjuntivite em gatos. Confira abaixo informações que vão te ajudar a manter seu gatinho saudável.

Entenda o que é a conjuntivite

Provavelmente você já conhece a conjuntivite, já que ela é muito comum em humanos e costuma se espalhar em surtos. Geralmente na troca de temperaturas e tempos secos, mas você sabia que a conjuntivite em gatos pode ser mais problemática do que em pessoas?

A conjuntivite é a inflamação da membrana que está ao redor dos olhos. O nome é membrana conjuntiva. Os olhos são protegidos por uma camada transparente. Sabe quando um cisco entra no seu olho? É a membrana conjuntiva que protege e é essa área que inflama.

A infecciosa é a mais comum, causada por ação de bactérias e agentes externos, a tóxica é causada por algum tipo de produto e a alérgica é uma reação do corpo à algum agente. As duas ultimas são incomuns, mas são presentes em humanos e gatos.

E a conjuntivite em gatos?

Os sintomas são basicamente os mesmos dos humanos. A conjuntivite não costuma causar grandes danos aos humanos, mas isso não significa que os gatinhos estejam livres de problemas. Ela não deixa sequelas em humanos, mas se os bichanos não forem tratados podem ter sua visão prejudicada permanentemente.

E você precisa tomar cuidado especial com algumas raças, como os persas que são, particularmente, mais vulneráveis à essas doenças. O gato, em questão, também pode ter algum tipo de predisposição à conjuntivite.

Conjuntivite em gatos

Quais são os sintomas da conjuntivite em gatos?

Os sintomas são a vermelhidão dos olhos, o surgimento de secreções e de muco, geralmente de cor esbranquiçada ou amarelada. Essa secreção, se não for limpa, pode impedir que o gatinho abra o olhinho, então é importante higienizar a região.

Como os gatos possuem os olhos em cores muito variadas, talvez a vermelhidão não seja perceptível, você vai precisar focar em encontrar secreções e muco.

É comum que filhotes apresentem esses sintomas, mas costumam sarar bem rapidamente. Você precisa manter a observação, pois pode não ser uma simples conjuntivite e sim alguma infecção mais grave.

Como os gatinhos pegam conjuntivite?

Geralmente a conjuntivite, principalmente nos gatos, é causada por infecções. A mudança climática pode favorecer a proliferação de bactérias e como os bichinhos são sensíveis, ficam vulneráveis. Os gatos que costumam lacrimejar muito são mais susceptíveis à infecção. A falta de higiene nos olhos dos gatos é o principal gatinho para facilitar a ação das bactérias nos olhos.

O ambiente também pode ser a causa. Mantenha tudo limpo, até mesmo para o bem-estar dos humanos. O contato com outros gatinhos infectados também pode causar a conjuntivite, então proteja seu bichano nesses casos.

A conjuntivite tóxica, causada por produtos também não é comum, então tenha certeza de usar produtos de qualidade em seu gato. Não utilize colírios de maneira nenhuma, só com orientação veterinária.

Como é a prevenção?

A melhor forma de prevenir é manter a vacinação do seu gatinho em dia, pois outras doenças podem acarretar a conjuntivite, assim como a conjuntivite pode acarretar outras doenças. Se estiver na duvida, uma vacina polivalente pode ser a escolha certa, pois vai aumentar a taxa imunológica do seu bichinho.

A higienização do olhinho dos gatos é essencial. Não espera começar a surgir secreções para começar à limpar, principalmente se for um filhotinho. Umedeça um cotonete e passe levemente nos olhos do gato para limpar qualquer tipo de sujeira, mas NÃO PASSE O MESMO COTONETE EM OLHOS DIFERENTES. Se um olho estiver infectado e outro não, você pode acabar piorando o quadro.

Além disso, mantenha o ambiente limpo e tenha certeza de que o seu gatinho não esteja tendo contato com outros gatinhos infectados.

Os casos de conjuntivite alérgica não são comuns em humanos e muito menos nos felinos. Nesse caso, você precisa manter o produto do qual o gatinho tem alergia bem longe do seu alcance e em um ambiente fechado, já que gatos sobem facilmente em lugares altos.

Como é o tratamento da conjuntivite em gatos?

A verdade é que a conjuntivite em gatos costuma passar em poucos dias. O ideal é você manter a higienização dos olhinhos do seu gato, passando o cotonete de maneira adequada. Você pode umedecer em água ou soro fisiológico (só não se esqueça de usar um cotonete pra cada olho). Seu gatinho provavelmente vai ficar bem incomodado com isso, então faça tudo rapidamente.

Se você perceber que a infecção está muito forte ou que está durando muito tempo, ou mesmo se notar que o gato mudou de comportamento e parece muito incomodado, busque o auxílio veterinário. Geralmente o tratamento é feito com antibióticos orais e colírios. Seu bichinho vai ficar bom rapidinho.

Provavelmente o veterinário vai submeter seu gatinho à uma série de exames, pois nem sempre a infecção pode ser conjuntivite. Isso tudo vai depender da idade, já que pode ser um gato idoso e sua saúde já está prejudicada, assim como filhotes são mais sensíveis.

Conjuntivite em gatos

Não é melhor sair correndo para o veterinário?

O veterinário é sempre recomendado, inclusive o ideal seria que você passasse seu animalzinho regularmente para exames, mas esse não é o caso de todas as pessoas. Outro fator é que a conjuntivite é uma doença benigna que não causaria danos à curto prazo e costuma se curar sozinha. Você não precisa cair em preocupações e levar seu bichano correndo para o veterinário. Alguns dias observação podem ser o suficiente.

Então não preciso me preocupar com nada?

Não é assim. Os olhos dos bichanos são muito sensíveis e uma infecção ou inflamação não tratada pode comprometer a qualidade da visão dos bichanos de maneira permanente e o quadro clínico pode se agravar, levando à infecções mais sérias.

Para finalizar

Mantenha sempre seu bichinho em observação, de vez em quando pegue ele no colo (mesmo que não goste) e examine seu corpo para ver se não encontra nada fora do comum. Isso pode te poupar de um trabalhão no futuro, principalmente se encontrar algum problema antes de se agravar.

E no caso de suspeita da conjuntivite em gatos, não hesite em ir para um veterinário se perceber algo muito estranho no seu bichano. Não se esqueça que não é só a saúde dele, mas a sua também, pois existem doenças que podem ser transmitidas para pessoas.

Faça um Comentário