Cachorro

9 cachorros que latem pouco: conheça essas raças de cães

Cachorros que latem pouco

Se você mora em um apartamento e está pensando em adotar um novo amigo canino, os latidos são uma coisa com a qual você precisa se preocupar. Pesquisar quais são os cachorros que latem pouco é um bom começo para escolher seu novo companheiro.

Pensando em ajudar você a encontrar as melhores raças de cães para apartamento, fomos atrás dos melhores dogs para quem não pode ou não curte muito barulho e criamos uma lista completa, com as características de cada um e com dicas para que você faça sua escolha. Quer saber quais são e por que essas raças podem perfeitas para a sua situação? Confira agora!

9 cachorros que latem pouco

1. Yorkshire Terrier

Começamos nossa lista de melhores raças de cães para apartamento com o Yorkshire Terrier, uma raça bastante afetuosa e silenciosa. Eles não gostam muito de ficar sozinhos, portanto, o ideal é escolher essa raça somente se você puder dar bastante atenção ao pet.

Geralmente, Yorkshires são desconfiados com pessoas estranhas, mas costumam se dar muito bem com crianças e raramente latem, exceto em situações que fogem muito da rotina.

Essa “desconfiança”, inclusive, pode ser driblada se você o adestrar desde filhote, incentivando sua socialização. Mesmo sendo uma raça que late pouco, se você conseguir realizar essas pequenas práticas, seu cãozinho vai ser ainda mais tranquilo e fazer ainda menos barulho.

2. Pug

Assim como o Yorkshire, o Pug também é bastante apegado ao dono. Essa raça costuma se dar bem com crianças e com outros cães, além de normalmente ser silencioso e, por isso, merecer um lugar nessa lista de cachorros que latem pouco.

Pugs são muito inteligentes e aprendem coisas novas com rapidez, mas ficam facilmente entediados quando parados por muito tempo. Um treinamento e bastante atividade são recomendados para que o seu cachorro não fique agitado o tempo todo.

Os pugs estão sempre em alerta, mas são geralmente silenciosos. Quando latem, os pugs são um pouco roucos, já que apresentam braquicefalia (síndrome do focinho achatado).

3. Buldogue Francês

Com temperamento e aparência similares ao Pug, o Buldogue Francês é uma das melhores raças de cães para apartamentos. Seu temperamento é equilibrado e fácil de controlar. Essa raça também possui braquicefalia e, por isso, seu latido é mais rouco e raramente é ouvido.

Os buldogues se relacionam bem com humanos estranhos e com outros animais, porém, quando não são treinados, podem parecer agressivos e desobedientes. Também não existe segredo para driblar essa situação. Uma boa socialização desde os primeiros meses e um adestramento básico resolvem esse tipo de problema facilmente.

4. Lhasa Apso

Sim, o cachorro do Cebolinha, da Turma da Mônica, também figura nessa lista! O Lhasa Apso é bastante dócil e brincalhão. Dentre os cachorros que latem pouco, é um daqueles que adora companhia. Essa raça também curte passeios ao ar livre e se dá muito bem com crianças.

Apesar de latir pouco, eles costumam ter personalidade forte e perfil dominante. Treinamentos são indicados desde filhote para que eles possuam limites bem estabelecidos.

Embora pareçam desconfiados com estranhos no início, os cães dessa raça acabam se acostumando com facilidade a outras pessoas e até a outros animais. Essa é uma das principais razões para ele ser um dos cachorros para apartamento mais procurados.

5. Bichón Frisé

Se você está procurando um companheiro dócil, equilibrado e bastante sociável, o Bichón Frisé é uma boa escolha. Além de ser uma das melhores raças de cães para apartamentos pelo seu tamanho, é também bastante silencioso e calmo.

É preciso acostumar o cão, porém, a ficar sozinho em alguns momentos, pois essa raça também é bastante apegada a seus donos e, se não for acostumada, pode estranhar muito nos momentos em que ficar sem ninguém por perto.

Apesar disso, é preciso levar em consideração que o Bichón Frisé adora crianças e adultos e geralmente se dá bem com qualquer um, por isso, é bastante fácil de lidar. Mesmo assim, o treinamento é indicado para que ele não pense que é o líder da casa e adote maus hábitos.

Cachorros que latem pouco

6. Toy Fox Terrier

O famoso Fox Paulistinha (Toy Fox Terrier) é outro que merece um lugar especial na nossa lista de cachorros que latem pouco. É uma raça que gosta muito de brincar e costuma se divertir bastante com todos da casa.

Apesar de serem umas das melhores raças de cães para apartamento, eles não são os cachorros com o melhor temperamento, principalmente por sua conduta “incansável”.

O fato de estar sempre agitado não faz com que o Toy Fox Terrier seja uma escolha ruim se você quer um cachorro para apartamento. Pelo contrário, são muito fieis aos donos e fáceis de serem adestrados, o que pode facilitar bastante a sua vida.

7. Shih-Tzu

Essa pequena raça original do Tibete não tem sido uma das raças de cães para apartamento mais procuradas à toa. Além de serem extremamente dóceis e pacientes com crianças, os Shih-Tzu também fazem parte dos grupos de cachorros mais silenciosos. Ele também é uma opção ótima para quem possui crianças, pois é bastante paciente e brincalhão.

É claro que, mesmo assim, incentivar sua socialização não é uma má ideia, já que isso pode evitar alguns problemas comuns como medo ou dificuldades de convívio com outros animais.

8. Spitz Alemão

Também conhecido como Lulu da Pomerânia, o Spitz Alemão é uma das menores raças apresentadas nessa lista. Eles costumam ser educados e de fácil socialização.

Vale ressaltar que é importante impor limites desde que são filhotes, já que essa raça pode ser bastante ciumenta. Mostrar quem é dono de quem faz com que essas características não se aflorem muito, evitando possíveis problemas.

Uma das grandes vantagens do Spitz Alemão é que ele é um cachorro com uma pelagem muito bonita e que não precisa de tosa. Isso não significa que você não precise ter uma atenção especial com sua higiene, mas faz com que essa tarefa fique relativamente mais fácil.

9. Pequinês

Em uma lista de cachorros que latem pouco, não poderíamos deixar de falar do Pequinês. Também de origem asiática, esses cães são uma ótima companhia e não gostam muito de ficar sem seus donos. Eles também são bastante fiéis aos tutores e, por incrível que pareça, tão corajosos a ponto de enfrentar qualquer um que tente mexer com eles.

Faça um Comentário