Diferenças entre siri e caranguejo; saiba aqui

Dois animais que pertencem a um grupo maior de crustáceos chamado decápodes – o que significa que ambos possuem dez patas. Mas hoje você vai descobrir as diferenças entre siri e caranguejo, além de curiosidades sobre eles. E é pra já!

Na verdade, siri é um caranguejo. Siri é apenas um nome popular dado aos integrantes da Portunidae, uma das várias famílias de caranguejos. Tecnicamente, siris são crustáceos braquiúros da família dos portunídeos.

Simples assim, porém, isso não quer dizer que o assunto termina aqui ou que sejam poucas as diferenças entre siri e caranguejo, ok?

Uma delas, talvez a mais clara, está no aspecto das patas traseiras do siri em relação ao visual das demais espécies de caranguejo. Na maioria, esses membros são pontiagudos; nos siris, grandes e achatados. Por esse motivo, o siri é o único capaz de nadar.

O último par de pernas do siri possui forma de remos de barcos, fazendo dele um nadador ágil. Fora isso, dispõe de uma carapaça mais larga, com espinhos terminais e feitas de carbonato de cálcio (CaCO3).

Estão aí, portanto, algumas das diferenças entre siri e caranguejo! A outra é o tamanho. Ainda que possa variar, o siri maior não costuma passar de 20 cm de envergadura; enquanto certos caranguejos atingem até 50 cm.

Mostrei aspectos físicos, mas quando falamos de diferenças entre siri e caranguejo, os hábitos também contam, claro! Siris são exclusivamente marinhos; apesar de às vezes entrarem em manguezais, não vivem em água doce originalmente.

No Brasil, conhecemos cerca de 14 espécies de siris, sendo que a maioria está no mar, independentemente de existirem os que habitam também as embocaduras dos rios e os pantanais.

Em relação ao inusitado modo de andar dos siris, de lado, ele só tende a ser copiado por outros gêneros de caranguejo quando estes sentem que estão sofrendo alguma ameaça.

Dizem inclusive que o caranguejo é capaz de andar devagar para qualquer direção, todavia, costuma ir de ladinho se precisa apressar o passo.

Agora que mostrei os principais pontos das diferenças entre siri e caranguejo, vem comigo conhecer mais detalhes de cada um…

Siri: conheça suas características

No geral, siri tem corpo achatado, cabeça e tórax em uma só peça. Apesar de contar com dez pés, utiliza somente quatro para locomoção. É que o par da frente, as chamadas “pinças”, serve para prender alimentos e se defender.

Por contar com uma carapaça rígida, o siri tem um estilo de crescimento diferenciado, periódico. Ele estaciona durante um tempo e é repentino quando ocorre a mudança de pele (ecdise). O resultado é que o animal aumenta de um a dois centímetros de uma só vez.

Isso acontece porque o desenvolvimento interno do siri é contínuo, mas o corpo fica encolhido até chegar a hora de a carapaça romper, revelando a mudança de tamanho.

A ecdise provoca um rápido desmembramento de várias zonas corporais, para que possa ser feito o ajuste às novas medidas. E ela é notada uma ou duas vezes por ano, quando há fartura de comida para o siri jovem. Os mais velhos não mudam de carcaça a cada 12 meses.

Diferenças entre siri e caranguejo: veja outros detalhes

Existem mais 4500 espécies de caranguejos. A maior parte vive regiões costeiras. Esses invertebrados estão entre os animais mais consumidos no mundo todo.

Por falar em comer, o caranguejo não tem dentes na boca, porém, certas espécies têm dentes no estômago. Não, você não leu errado! E os dentes são acionados quando o órgão é contraído para misturar o alimento. Quem diria…

Uma das diferenças entre siri e caranguejo está no habitat. Além das espécies aquáticas, alguns caranguejos são semiterrestres, já que povoam lugares arenosos com rochas e pedras. Mesmo assim, costumam manter suas guelras úmidas.

Sua capacidade de regeneração é semelhante à estrela-do-mar. As pernas e garras do caranguejo crescem novamente se perdidas em uma briga, por exemplo.

Diferenças entre siri e caranguejo à parte, eles trazem muitas particularidades interessantes. Sem falar que servem de ingrediente para inúmeros pratos deliciosos!

Até o próximo artigo!

 

Imagens:
Image by ligiera from Pixabay
Image by Edward Kirkby from Pixabay

Leave a Reply